quinta-feira, 23 de outubro de 2008

UM AMOR DE OKTOBER




Um amor de oktober*
(Por Ricardo Brandes)

Ele era um mulato
Muito pobre e sonhador
Era filho de andarilho
Um jovem batalhador

Vagando pela cidade
Buscava uma saída
Sempre com boa vontade
De lutar por sua vida

Certo dia em Blumenau
Jesusvaldo viu e amou
Conheceu uma menina
Por quem se apaixonou

Ele pobre, abandonado
E ela, bem ao seu lado
Um amor assim proibido
Não seria permitido

Ela loira, ele mulato
Um pobre, a outra rica
Ele sem lebre nem gato
Ela de bem com a vida

Encontraram-se um dia
Sozinhos, passando frio
Mas na oktober com alegria
O destino os uniu

Contra tudo e contra todos
Lutaram pra achar saída
Enfrentaram os engodos
Dos preconceitos da vida

Acabaram se casando
E têm uma vida feliz
Estão sempre se amando
Como Deus assim o quis

*Leia o livro Histórias de Oktober e conheça a história de Natália e Jesusvaldo!

Nenhum comentário:

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...