quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Pão e Poesia 2009



O projeto Pão e Poesia da Fundação Cultural de Blumenau está sendo ampliado para todo o Estado, com um maior número de sacos de pão impressos. Em setembro foram distribuídos 30 mil poemas em Blumenau, Gaspar, Timbó, Pomerode e Indaial. Já em outubro o Pão & Poesia passou para uma tiragem de 120 mil poemas/mês, graças a uma parceria com a Incorpel, de Palhoça. Isso possibilitou levar o projeto também para as cidades de Criciúma, Orleans, Rio do Sul, Lages e Florianópolis. Para o próximo ano a Fundação Cultural pretende expandir o Pão & Poesia para outras cidades.
Ilka Bosse - Tenho medo
Ivo Hadlich - Tango
Fátima Venutti - Canção de ninar
Neida Rocha - O vaga-lume
Rosane Magaly Martins - Êxtase
Tchello d´Barros - S/ Titulo
Joni Kormann - O meu destino
Paulo Roberto Wovst - Leite Pó na estrada
Felipe Gruetzmacher - Eis a questão: ser ou ter?
Maria de Fátima Baumgärtner - O amor
Raquel Gastaldi - Eu feliz
Cláudia Iara Vetter - Nenhuma palavra

Fonte: Raquel Furtado - Agente cultural FCB

Um comentário:

Anônimo disse...

Alimento da alma

Se num passado distante houve a multiplicação dos pães, agora é a vez da proliferação das poesias. O projeto da Fundação Cultural, Pão & Poesia, que este mês teve tiragem de 120 mil poemas, aos poucos conquista espaço em outras cidades do Estado. Em parceria com uma empresa de Palhoça, a poesia de 12 poetas locais será levada para as cidades de Criciúma, Orleans, Rio do Sul, Lages e também Florianópolis.

Mais poetas interessados em integrar o projeto devem entrar em contato com a fundação.

Fonte: Jornal De Santa Catarina 26/10/2009

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...