sexta-feira, 19 de março de 2010

COMER, REZAR, AMAR - O FILME


Foi liberado o primeiro trailer de Comer, Rezar, Amar, estrelado por Julia Roberts. Oito novas fotos também foram divulgadas pela Columbia. O filme é baseado no best-seller de mesmo nome, escrito por Elizabeth Gilbert, e conta a história real de uma mulher que é aparentemente feliz ao lado do marido, até se dar conta que precisa de um novo rumo na vida.
Depois de se divorciar, ela parte em uma longa viagem pela Itália, Índia e Indonésia, tentando encontrar equilíbrio espiritual e um novo amor. O elenco conta também com James Franco, no papel de marido de Gilbert, e Javier Bardem, como um homem que ela conhece durante a viagem. A direção é de Ryan Murphy (Nip/Tuck, Glee) e estreia nos Estados Unidos no dia 13 de agosto. A data para o Brasil ainda não foi definida.
Para ver as fotos, clique aqui.

Um comentário:

OKTOBERBLOG disse...

COMER, REZAR, AMAR

Em torno dos 30 anos, Elizabeth Gilbert enfrentou uma crise da meia-idade precoce. Tinha tudo o que uma americana instruída e ambiciosa teoricamente poderia querer: um marido, uma casa, um projeto a dois de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, foi tomada pelo pânico, pela tristeza e pela confusão. Enfrentou um divórcio, uma depressão debilitante e outro amor fracassado, até que se viu tomada por um sentimento de liberdade que ainda não conhecia.

Foi quando tomou uma decisão radical: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego e partiu para uma viagem de 1 ano pelo mundo, sozinha.

Comer, Rezar, Amar é a envolvente crônica desse ano. O objetivo de Gilbert era visitar três lugares onde pudesse examinar aspectos de sua própria natureza, tendo como cenário uma cultura que, tradicionalmente, fosse especialista em cada um deles. Em Roma, estudou gastronomia, aprendeu a falar italiano, e engordou os onze quilos mais felizes de sua vida. À Índia foi dedicada à exploração espiritual e, com a ajuda de uma guru indiana e de um caubói texano surpreendentemente sábio, embarcou em quatro meses de viagem. Em Bali, exercitou o equilíbrio entre o prazer mundano e a transcendência divina. Tornou-se discípula de um velho xamã, e também apaixonou-se da melhor maneira possível, inesperadamente.

Escrito com ironia, humor e inteligência, Comer, Rezar, Amar é um relato de auto-descoberta que fala sobre a importância de assumir a responsabilidade pelo próprio contentamento e parar de viver conforme os ideais da sociedade. É um livro para qualquer um que já tenha se sentido perdido, ou pensado que deveria existir um caminho diferente, e melhor.

Fonte: Submarino

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...