segunda-feira, 29 de março de 2010

FATOS CURIOSOS: O ESTUDANTE ETERNO



Uma pessoa surpreendente vive na cidade de Novokuznetsk (Sibéria). É um estudante eterno. Pelo visto, a palavra “aprender” tornou-se o lema de toda a vida de Ilhia Ossipov. Esse homem de 82 anos já tirou 22 diplomas. E isso possivelmente ainda não é o limite.

Ilhia Ossipov é engenheiro de minas, geólogo, reflexoterapeuta, professor, jornalista e até mago e curandeiro. Esse estudante permanente obteve sua última especialidade, a de enfermeiro, aos 70 anos. E agora, não obstante os seus 82 anos, esse “mártir da Ciência” está andando às voltas com a possibilidade de mais um curso superior. Os pais de Ilhia eram analfabetos. Não podiam supor sequer que seu filho pudesse tirar ao menos um só curso superior. “Sou oriundo de uma pequena localidade rural, vivíamos uma vida muito pobre – confessa. – Pode ser por isso mesmo que sempre sonhei em obter uma boa especialidade. Mas depois acabei ficando caidinho pelos estudos...”

Ilhia terminou o curso secundário com distinção. Navegava com facilidade no mar de matérias escolares, possuía uma memória excelente e nunca lhe faltou aplicação. Sua primeira especialidade era a de engenheiro de minas, mas depois de um traumatismo teve que trocar aquela por outra. E assim por diante: um curso após outro... Então não lhe era possível dormir mais de quatro horas por dia. Estava trabalhando de manhã até a noite para depois ainda por cima queimar as pestanas debruçado sobre livros de notas. Porém, foi uma doença que o levou à ideia de se iniciar na medicina. Depois de derrubado por um derrame, tinha que permanecer deitado sem movimento. Os médicos estavam certos de que assim seria até o fim dos seus dias. Mas quando um dia o homem foi levado para passear de carrinho em um parque, ficou de repente todo coberto de um enxaime de abelhas e uns dias depois estava pela primeira vez mexendo uma perna. Depois, os Ossipov compraram um colmeal e foram criando abelhas para poderem continuar essa “apiterapia”. E já ao cabo de um ano estava Ilhia totalmente recuperado. Muito entusiasmado, o homem sentiu crescerem-lhes umas asas imaginárias e ficou tomado do desejo de ajudar as pessoas doentes, mas tal era impossível sem o diploma de médico. E então esse aluno de 67 anos ingressou em um colégio médico e terminou seu curso para receber o diploma de enfermeiro. Agora, o estudante de 82 anos de idade vai ruminando a ideia de entrar em uma escola superior de medicina para obter mestrado também nesse ofício.

Leia mais fatos curiosos em:
Curiosidades - Voz da Rússia

Nenhum comentário:

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...