domingo, 15 de março de 2015

15/03/2015: Um dia histórico para Blumenau




Neste domingo, 15 de março de 2015, Blumenau teve um dia histórico. A maior manifestação da história da cidade reuniu mais de 40 mil pessoas, segundo informações da Polícia Militar. 

Um sentimento de revolta, indignação e tristeza com a atual situação que vive nosso país moveu milhares de pessoas em protesto pelas ruas do centro. A Prefeitura foi o local de encontro da passeata, que pedia a saída da Presidente Dilma e um basta na corrupção que assola nosso país. 

Aos gritos de fora PT e fora Dilma, a multidão tomou a praça da Prefeitura com bandeiras, faixas, cruzes e cartazes. Homens, mulheres e crianças. Pessoas de todas as idades e classes sociais uniram-se para compartilhar um ideal, na busca de uma sociedade mais justa e humana para todos,  sem corrupção.

Ficou claro na tarde de hoje, que o povo não tem mais paciência para aturar a política e corrupção que corrompe o atual governo. Vamos sair as ruas até que nossas vozes sejam ouvidas e nossos ideais sejam atendidos!

A bandeira foi erguida. A semente foi plantada. O sentimento de mudança ficou latente na voz das mais de 40 mil pessoas presentes nesta tarde. E essa voz repercutiu não só aqui em Blumenau, mas por todo Brasil.

Por Ricardo Brandes / OktoberBlog








Um comentário:

Adalberto Day disse...

Ricardo,
Belo trabalho e realmente histórico.
A manifestação histórica feita por todo Brasil e principalmente aqui em Blumenau de forma ordeira, mostra o povo que quer mudança e chega de bagunça generalizada, ladroeira, quebradeira e maus vícios.
Sou contra o golpe ou outra coisa que se faça, a não ser nossa indignação e que com isso essa Presidente desastre e outros políticos em sua maioria corruptos, façam e vejam que o povo está atento. Quanto ao golpe, isso deveria ter sido dado nas urnas, perdemos a oportunidade, ão que os outros candidatos sejam melhor que essa que ai está no comando, mas pelo menos seria alternância de poder que já se tornou uma ditadura Branca. Na passeata vimos a diferença nas cores, era só vermelho que não nos representa, enquanto nação. Mas ontem vimos nossa cara, nossas cores verde e amarelo, azul, brancos ...
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história.

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...