sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

DICA DE TV: LETRA E MÚSICA



Letra e Música (Music and Lyrics) - Filme Inédito
12/12 - Sábado - 23h15
Cine Belas Artes / SBT

Alex Fischer, astro da música na década de 80, hoje encara a decadência. Porém a sorte bate à sua porta quando Cora Corman, a atual diva do pop, o convida para compor uma canção e gravá-la com ela, em dueto. Nessa missão quase impossível só um anjo poderá salvá-lo. Com Hugh Grant e Drew Barrymore.

2 comentários:

Anônimo disse...

Letra e Música - Curiosidades

-Inicialmente o título original seria "Music and Lyrics by...".

- O veterano Marc Lawrence escreveu e dirigiu o filme. Ele foi responsável pelo roteiro de 'Miss Simpatia' e dirigiu 'Amor à Segunda Vista'.

Fonte: Cinepop

Anônimo disse...

Letra e Música - O filme
(Crítica de Livia Brasil)

Letra Música pode ser considerada uma das melhores comédias românticas já produzidas para o cinema. Evidentemente que, neste gênero, não podemos esperar algo inovador com uma linguagem técnica aprimorada e diferenciada. Porém, filmes como Letra e Música conquistam o público pela emoção e o bem-estar que transmitem por meio de momentos de puro entretenimento. O longa é um filme leve, despretensioso, mas de extremo bom gosto, com enredo repleto de piadas inteligentes e uma forte e nostálgica referência aos anos 80. A trama aborda a história de Alex Fletcher (Hugh Grant), um cantor esquecido dos anos 80 que sobrevive fazendo apresentações em feiras agrícolas e festas de reencontros escolares. Mas nem sempre foi assim: Alex fez parte de um dos grupos de maior sucesso do passado chamado PoP e seu atual anonimato o atormenta profundamente. Seu fiel empresário faz de tudo para ajudá-lo, até que recebe a proposta de compor uma música para a atual diva da música pop. Alex terá de encontrar um letrista, pois escrever é o ponto fraco do compositor. Ele conhece Sophie (Drew Barrymore), uma jovem hipocondríaca que está substituindo uma amiga na função de cuidar das plantas de Fletcher. Em pouco tempo, ela se mostrará uma letrista nata e uma adorável companhia. Hugh Grant ( O Diário de Bridget Jones ), especialista em comédias românticas, deparou-se com um estilo diferente que foge do estereótipo de galã conquistador. Ele aproveitou a oportunidade para pôr em prova sua versatilidade como ator e foi construindo um personagem engraçado e decadente que conseguiu se tornar um dos mais encantadores entre todos os seus filmes. Claro que, sem a notável química criada entre sua parceira Drew Barrymore ( As Panteras ), que esbanjou talento, o resultado não seria o mesmo. Letra e Música pode ter um desfecho previsível e um roteiro batido, porém o filme conquista por meio da identificação e boas lembranças que o público, especialmente os que acompanharam a década de 80, terá com as cenas. A trilha sonora é um espetáculo à parte, pontuada por elementos característicos, digna de ser gravada por bandas como Eraser, New Order, Depeche Mode, entre outros grandes nomes da época. Desde o primeiro momento do filme podemos perceber a atenção especial que foi dada às músicas, por meio de um videoclipe da banda PoP, produzido com fidelidade ao estilo, apesar de caricato. Neste longa-metragem, a ironia predomina do começo ao fim, principalmente quando o tema é qualidade musical. Letra e Música mostra que, apesar do estilo vivenciado pelo personagem Alex Fletcher ser ridicularizado nos dias de hoje, nada se compara às cantoras que exibem seus corpos atraindo a atenção com suas músicas vazias. Enfim, Letra e Música é uma deliciosa opção de diversão para toda família, especialmente para a faixa etária que cresceu entre o final dos anos 70 e o começo dos 90.

TESTE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...